terça-feira, dezembro 30, 2014

2015


O tempo não respeita as convenções. Ele segue, sempre em frente.

Não importa se te disseram que esse ano acaba no dia 31 de dezembro quando zerar o relógio. Não importa quantas voltas a terra tenha dado em torno do seu próprio eixo. Não importa se foi uma volta completa em torno do sol. Não importa. Ele não respeita nossas contagens... Ele não está sincronizado com os nossos momentos. Quantos dias e quantas noites passamos para digerir uma história, quantos minutos esperamos para aquele momento tão especial, não liga se você se atrasou pro seu trabalho, se você trabalhou até mais tarde... se você está doente, está feliz ou triste... ele sempre segue.

Fechar um ano, fechar um ciclo, fechar uma história... Iniciar um ano, iniciar um ciclo, iniciar uma história. O tempo não se preocupa com a duração de cada coisa. E essa imposição de 365 dias é um tanto quanto injusta com cada momento.

Tudo isso pra dizer que meu ano novo já começou. Começou no sexto dia de dezembro, quase virando para o sétimo. E que esse ano novo já tem sido muito feliz e com muitos percalços. Ainda com muitos outros por superar.

Um feliz ano novo pra você! que esse 2015, esse número que o tempo pouco se importa, seja muito feliz. Que histórias bonitas sejam contadas, que muitos ciclos se iniciem e se fechem. Que coisas bonitas aconteçam. Seja bem vindo!