terça-feira, janeiro 28, 2014

Chuva

A última notícia que soube é que ela procura não mais ficar sozinha. Parece que tem medo... é sim. Evita ir pra casa, e quando o faz, faz o mais tarde possível para que, então, possa só tomar banho, escovar dentes, dormir... e esperar que chegue o próximo dia.

Sei... também acho um comportamento estranho. Mas ela não pode evitar. Ainda fica tudo meio dolorido. Voltar a morar naquela casa mexeu com ela. E ela fica triste... foi o que ela me disse. "Tem muita memória no que sobrou... nas coisas que não foram levadas... nas coisas que foram esquecidas... tem muita lembrança lá."Foi isso que ela disse...

E fica tudo enchendo... enchendo... enchendo... Um dia isso ainda vai precipitar, sabe? Que nem chuva... não sei o que vai sobrar quando isso acontecer...


O vazio é um meio de transporte 
Pra quem tem coração cheio