segunda-feira, junho 18, 2007

Uma vontade infantil

Foi realmente uma pena... Mas pelo menos ela gravou na minha mão uma frase que eu a mantive durante toda a noite...
Queria realmente ela lá... cantando... acompanhando... apoiando, principalmente. Mas... o dever a chamou e ela teve que atender. Mas, pelo menos ela gravou na minha mão uma frase que mantive durante toda a noite.
Era um cuidado imenso. Uma parte dela que assistiu e cantou comigo durante a noite.
Uma vontade infantil de que a frase durasse eternamente.
Uma vontade infantil de que a frase representasse ela ali... cantando... acompanhando... apoiando, principalmente.
Era a presença mais importante p´ra mim... a sua... ou da sua gravação em minha mão.
Espero que da próxima vez tenha você, além da gravação.
E eu tive uma vontade infantil de bater o pé... fazer beicinho... só pra ter você comigo... mas, ao menos, ela gravou na minha mão uma frase...
A mantive a noite toda...